Esforço ou capacidade?

POR: Fernando Pinheiro || Palavras Reflexão

Há pessoas no mundo em si (tanto no âmbito eclesiástico como corporativo) que são CAPAZES de realizar tarefas sem utilizar muito ESFORÇO… Por outro lado, existem pessoas ESFORÇADAS, que realizam muitas atividades por conta de sua perseverança, foco e dedicação.

O que seria então uma pessoa detentora das duas características? Um gênio? (Pode ser!)

Esforço ou Capacidade

Esforço ou Capacidade

O que entendo é que a CAPACIDADE (me refiro à facilidade em resolver as coisas) está mais ligada ao desempenho do cérebro; fatores genéticos, oxigenação (risos), ou até mesmo um dom divino (a quem achar melhor). Já o ESFORÇO, é característica intrínseca ao caráter. Sim, e este é moldado no decorrer da vida, tanto para o bem como para o mal. (Alguém já ouviu falar sobre desvio de caráter ou caráter corrompido?). Esforço é buscar recursos à sua volta para resolver situações em questão, mesmo não sabendo como se faz. É faculdade da vida, é nunca estar pronto para saber e sim para aprender (errando e acertando).

Portanto, não desanime quando seu esforço não é reconhecido. Não, não o veja como um detrimento, em contraste aos que são capacitados… Pois, se onde você está, ninguém enxergar a sua lida, a vida verá! Deus (isso para quem acredita) tem recompensas para aqueles que trabalham com bom intento. Não desista! Use seus esforços para adquirir CAPACITAÇÕES e não se apoie em suas capacitações para dar lugar à preguiça: estude, leia, escreva, pergunte e se olhe no espelho. Não, você não é uma “raridade” (risos)! Existem milhares de pessoas como você – capacitados e esforçados!) Entretanto, nunca se esqueça de quem você é e de onde você veio!


Nascido em Suzano/SP. Casado, pai de duas princesas. Formado em Letras, Teologia e Pós-graduando em Docência e Gestão do Ensino Superior. Já liderou alguns ministérios na igreja local: Jovens, música, departamento de ensino e missões (inclusive algumas aventuras missionárias entre índios no Mato Grosso). Atualmente é diretor da plataforma de música na Companhia Arte & Mensagem e, esporadicamente, ministra palestras a quem quer que "se arrisque" chamá-lo. Não, ele não sabe assoviar e chupar cana ao mesmo tempo, embora tenha tentado (se é o que pensou!). É "aparentemente" normal, fã de videogames, super-heróis, rock, hq's, filmes e séries, desde ficção científica a romances e dramas que nunca o fazem chorar (pouco).

Cadastre-se

Curta nossa página


Topo